“De uma forma concreta, acabamos como começámos: os dois”

(…) “De uma forma concreta, acabamos como começámos: os dois. Voltamos aos palcos com uma tour, num passeio pela nossa história. Começará no final de 2019 e acabará em 2020”, diz a mensagem (…)

“Se o nosso encontro (Tó/Pedro) foi uma descoberta, uma grande amizade, um diálogo musical, um universo que se foi adensando e clarificando; se todos estes anos foram uma grande festa nas nossas vidas, não poderia ser de outra forma o nosso final (…)

Fonte:
Público

Fotografias: (*)
Ana Jesus Ribeiro Carina Martinho Coelho (Tó Trips) (1) – www.officecaphoto.pt

(*) Arquivo CAPhoto FORMAÇÃO (Facebook) / Participante/formanda em âmbito de workshop oficial conceito “Fotojornalista por um dia mais” (1) praticado a 10 OUT.2014 em Leiria.

Em colaboração com o jornal parceiro Diário de Leiria (1) – Publicação dos melhores resultados concretizados em suplemento “Magazine”, edição 20 OUT.2014.

Com Teatro José Lúcio da Silva

Com Dead Combo & Produtores Associados (2ª das 9 acreditações concedidas)
Formadora profissional responsável: Ana Jesus Ribeiro

Resultados I R.A.M. OFFICECAPHOTO.PT pelas férias escolares da Páscoa 2019 com Academia Equação Mágica

Novidade de parcerias multidisciplinares CAPhoto FORMAÇÃO (Website) / CAPhoto FORMAÇÃO (Facebook) (8 anos) oficiais para 2018 / 2019.

Em parceria com Academia Equação Mágica, sediada em Oliveira do Bairro, Aveiro.


Formadora:
Ana Jesus Ribeiro

(…) toda a informação aqui:

 


 

 

  

 

    

 

    

Créditos fotografias (captação de mobile; sequência aleatória):

Renato Santos (Boneco Team CAPhoto FORMAÇÃO; câmara digital) & Miguel Ângelo & Afonso Resende & Martim Silva & Joaquim Oliveira & João Pinto & Sofia Justiniano & Joana Pinto & Raquel Bouça & Gonçalo Santos & Joana Simões & Maria Salomé (câmara digital) & Maria Abrantes (câmara digital) & Rodrigo Oliveira & Ricardo Santos & Marcos Cardoso (câmara digital) & Carlos Silva & Bia Sousa.

 

Texto (Âmbito de workshop de escrita / notícia):


Oliveira do Bairro mais verde. Natureza mais rica

A Academia Equação Mágica, no passado dia 11 de abril de 2019, pôs mãos na terra e plantou muitos pinheiros mansos, no parque dos pinheiros mansos em Oliveira do Bairro.

Esta atividade teve como objetivos principais motivar as crianças para a renovação da natureza, promover-lhes o respeito pela mesma e incutir nelas a importância das árvores para o planeta.

As crianças da Academia participaram ativamente e de forma entusiástica nesta atividade, ao colocarem os pinheiros nos respetivos buracos, abertos pelos funcionários da Junta de Freguesia e Câmara Municipal de Oliveira do Bairro. De seguida, colocaram-lhes terra, regaram-nos e a partir de agora vão ser responsáveis pelo seu crescimento saudável.

Para a concretização desta atividade, a academia teve a colaboração da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, com a cedência do terreno e de alguns pinheiros mansos, assim como da Junta de freguesia que disponibilizou técnicos para auxiliarem as crianças no decorrer da atividade.

Foi uma manhã muito enriquecedora e divertida, pois o parque ficou mais rico e as crianças mais amigas da natureza.

Esta iniciativa não poderia ficar sem registo, por isso alguns alunos participaram num workshop de fotografia, orientado pela formadora Ana Jesus Ribeiro do projeto CAPhoto Formação.

Academia Equação Mágica

 

Publicação “rebuçado” pelo coletivo de dois dos melhores resultados apreciados – créditos de Maria Abrantes e de Renato Santos – como do resultado “texto” em Semanário Jornal da Bairrada (edição de 18 ABR.2019)

 

MAIS DE 3200 ALUNOS DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO PARTICIPAM NA INICIATIVA “MÚSICA NA ESCOLA”

 

No âmbito do PAEMA / Programa de Ação Educativa do Município de Aveiro, para o ano
letivo de 2018/2019, a Câmara Municipal de Aveiro (CMA) com a colaboração da Orquestra
Filarmonia das Beiras, mais uma edição da iniciativa “Música na
Escola”, destinada a todos os alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico (1.º CEB) do Município. O
evento acontece, de terça a quinta-feira, 19 a 21 de fevereiro, no Centro de Congressos de
Aveiro (CCA) e no domingo, dia 24 de fevereiro, com a sessão de encerramento, que terá lugar
no Teatro Aveirense .
Esta iniciativa tem como objetivo divulgar, sensibilizar e formar o público infantil para a
música erudita, acrescentando interatividade à experiência única e rica que é a de ver, ouvir e
sentir uma orquestra ao vivo.
Sob o mote “Quem manda aqui?”, na edição de 2019 a Orquestra Filarmonia das Beiras,
dirigida pelo Maestro António Vassalo Lourenço e com o Professor Jorge Castro Ribeiro como
apresentador, irá explorar vários aspetos da pequena ópera cómica “La Serva Padrona” (“A
Criada Patroa”), do compositor italiano Giovanni Battista Pergolesi. Esta miniópera conta com
três personagens de recorte cómico, duas das quais cantam, mas a terceira é muda, pelo que a
boa disposição será uma constante ao longo das sessões.
A edição deste ano contará com um total de 3515 participantes (3255 alunos e 260
docentes e auxiliares), provenientes de 33 escolas do 1.º CEB, distribuídos em cinco sessões,
duas nos dias 19 e 20 de fevereiro, das 9h30 às 10h20 e das 10h45 às 11h35 e uma no dia 21
de fevereiro, das 09h30 às 10h20, as quais decorrerão no Grande Auditório do Centro de
Congressos de Aveiro.

Para além de proporcionar as sessões pedagógicas, a CMA facultará o transporte de
todos os alunos para o Centro de Congressos, numa aposta de investimento na Educação e
Formação dos mais novos.

Encerramento com Concerto de Família
A sessão de encerramento realiza-se no domingo, dia 24 de fevereiro, pelas 16h00, com
o Concerto de Família no Teatro Aveirense, num momento de partilha e interação entre as
Crianças e os seus Familiares.

 

Nota de imprensa / Câmara Municipal de Aveiro

Fotografia: (CCA)
Guilherme Mesquita – 
Página Oficial Instagram / Aluno do Centro de Estudos e de Explicações, Rimas ao Quadrado (Aradas, Aveiro); Resultado concretizado em R.A.M. OFFICECAPHOTO.PT pelas férias escolares de Natal a 20 DEZ.2018

Edição:
Ana Jesus Ribeiro

Pinto da Costa em boa onda aos 81 anos

Fonte: Jornal de Notícias

Fotografia: (*)
Madalena Pereira – “V”

(*) Arquivo CAPhoto FORMAÇÃO (Página oficial Facebook) 4 MAR.2016 em Cantanhede, Portugal.

Resultados I R.A.M. OFFICECAPHOTO.PT férias escolares de Natal 2018 com Rimas ao Quadrado

Boneco cortesia na sequência da visita possível à redação do primeiro media parceiro oficial em acolhimento do projeto conceito CAPhoto FORMAÇÃO (Página oficial Facebook), jornal Diário de Aveiroregisto também para efeito de publicação DA (*) – proporcionado dentro do âmbito desta novidade (para 8 anos) de R.A.M. com abrangência, também, ao módulo oficial CAPhoto FORMAÇÃO, conceito “Fotojornalista por um dia mais”, com os créditos de:

Rui CunhaDiário de Aveiro (Colega jornalista; Edição: Formadora Ana Jesus Ribeiro)

Esta muito breve visita pode contar, também, com a disponibilidade q.b. para uma apresentação exemplar, como empática junto deste público jovem do Centro de Estudos e de Explicações, Rimas ao Quadrado (Aradas, Aveiro) por parte da colega jornalista Sandra Simões.
Obrigada, Sandra e Rui.
Obrigada, Ivan. (Diretor)
Ana Jesus Ribeiro

(*) Atenção publicação propiciada na edição de 22 DEZ.2018.

 

Mais resultados… com os créditos deste público participante exclusivo do Rimas ao Quadrado

Fotografia: (slider de imagens)
Guilherme Mesquita – Página Oficial Instagram / Office CAPhoto
(Créditos foto de perfil: Rodrigo Teles)
Edição:
Ana Jesus Ribeiro

Locais:
Fonte Nova Aveiro e Residência BellaVida – Aveiro.

 



Sessão de Estúdio Office CAPhoto Fotografia de Retrato – proporcionada “in loco” na Residência BellaVida – Aveiro.

Fotografias: (Contact Sheet; *)
Público exclusivo do Rimas ao Quadrado – Grupos de 2 “Fotógrafo & Modelo” – com câmera EOS Digital SLR da CANON partilhada.

Edição:
Ana Jesus Ribeiro

(*) Impressão fotográfica “in loco” do seu melhor resultado em formato 15X20.

 

1ª R.A.M. pelas férias escolares de Natal 2018 em parceria com Rimas ao Quadrado

R.A.M. / Residência Artística Multidisciplinar OFFICECAPHOTO.PT – a ser praticada pelas férias escolares de Natal de 2018.

Em (nova) parceria com Centro de Estudos e de Explicações, Rimas ao Quadrado​, sediado em Aradas, Aveiro.
Novidades para 8 anos CAPhoto FORMAÇÃO (Facebook)

 

Formadora:
Ana Jesus Ribeiro

 


Público-alvo:
Público exclusivo Rimas ao Quadrado

 

Dia dedicado / exclusivo:
20 DEZ.2018

 

Módulos:
. Fotojornalismo – Conceito de autor CAPhoto FORMAÇÃO Fotojornalista por um dia mais
. Fotografia de Retrato – Estúdio Office CAPhoto “in loco”

 

Locais / Oportunidades / Recursos:

– Aveiro

 

Melhores resultados concretizados aqui:

Resultados I R.A.M. OFFICECAPHOTO.PT férias escolares de Natal 2018 com Rimas ao Quadrado

 

Contatos disponíveis para propostas prévias:
caphoto.formacao.geral@gmail.com
91 209 09 69

Inscrições abertas para curso modular universal Office CAPhoto Formação 2018/2019

Nota completa universal à imprensa parceira:

Www.officecaphoto.pt tem inscrições abertas para curso modular universal Office CAPhoto Formação

O projeto de ensino Office CAPhoto Formação (facebook.com/CAPhotoFormacao), agora formatado com domínio partilhado com os projetos associados CAPhoto Rede De Profissionais e Converge Details Associação, através do 1º projeto website, estruturado para multidisciplinar e a ser implementado e desenvolvido desde de Junho de 2018, www.officecaphoto.pt, da responsabilidade da formadora e orientadora credenciada Ana de Jesus Ribeiro que, em virtude de se encontrar a afirmar novidades (para 8 anos) de projetos de parcerias formativas – visando experienciar ao público participante externo em geral e com necessidades formativas específicas – nomeadamente residências artísticas multidisciplinares “in loco” específicas, incluindo com curadorias temáticas, em sintonia com colegas Formadores credenciados com outras competências formativas, como com alguns representantes de parceiros no acolhimento oficiais – para muito em breve, revelar – neste corrente ano letivo e nesta 1ª fase no ano corrente de 2018, tem inscrições abertas até à data de 28 de Outubro e para até 2 vagas, para o curso modular universal, frequência trimestral, semestral ou anual (até JUL.2019, com oportunidade de extensibilidade em jeito de “prémio” acrescido na certificação, no mês de Agosto)

Assumindo poder acolher o público em geral de qualquer nível de conhecimento (iniciação/avançado/profissional) conforme os objetivos lúdicos ou profissionais dos interessados, sendo que estes novos Formandos oficiais regulares serão privilegiados em todas as novidades “extra-curso”, como terão a oportunidade alojamento em www.officecaphoto.pt, com entrada imediata aquando da inscrição oficial, sem mais custos acrescidos, inclusive.

Ensino presencial como e-learning, com enfoque de frequências pela região Centro, por outras regiões, pontualmente, e por todo o continente, o Office CAPhoto Formação continua a possibilitar a total flexibilidade horária semanalmente, como geográfica.

Office CAPhoto Formação tem, também, como novidades para 2018/2019 – sempre extensíveis ao público participante externo em geral como específico – a implementação de um projeto de estúdio de Fotografia residente (em Anadia) como portable (pelos parceiros oficiais de acolhimento), Estúdio Office CAPhoto, para poder propiciar sessões de formação, desde da fotografia de retrato à fotografia de produto e industrial, nomeadamente, como passará a ter elementos Fotógrafos como representações oficiais, com aptência e responsabilidade profissional, através de antigos Formandos e Estagiários certificados e também já reconhecidos no projeto website, www.officecaphoto.pt, logo à nascença, sempre dentro de um dos lemas como constante, que Ana de Jesus Ribeiro, igualmente Fotógrafa Freelancer de profissão no ativo há quase 20 anos, “procuro como gente Formadora, que é formar o meu futuro colega e reunir a minha equipa multidisciplinar Office CAPhoto – Serviços & Formação”.

O Office CAPhoto Formação é um conceito de ensino inovador na área da fotografia digital desenvolvido e fidelizado intensivamente em tempo real de evento e “in loco”, pelos mais diversos parceiros de acolhimento conquistados a nível nacional, distinguindo-se por ser praticado nas mesmas condições de captação de imagem dirigidas aos profissionais, ambicionando inovar pelas mais diversas vertentes da arte fotográfica/fotojornalística, através dos 5 módulos oficiais que tem abraçado, desde de 19 de Fevereiro de 2011, em captação – Espetáculo; Fotojornalismo; Desporto; “Escape & Review” (Outras vertentes da Fotografia Digital e Mobile, outra novidade); Edição de imagem adaptada; Estágios curriculares e profissionais.

Muito mais Ana Jesus Ribeiro se dispõe esclarecer e de uma forma personalizada, através dos seguintes contatos email, caphoto.formacao.geral@gmail.com, como móvel, 91 209 09 69, com agendamento de sessão de esclarecimento presencial.

Créditos Imagem:
Ana Jesus Ribeiro ​/ Office CAPhoto

Artigo de divulgação do jornal parceiro, DA, edição 18 SET.2018.

“Best Of” CAPhoto Formação em Bons Sons 2018

CAPhoto FORMAÇÃO, pela 3ª vez consecutiva, acreditado em Bons Sons 2018.
Com organização Bons Sons
Para www.officecaphoto.pt
Fotoreportagem realizada nos dias 9 e 10 AGO.2018 em Cem Soldos, Tomar, Portugal.

1- Slider de imagens (*)

Fotografias - Carlos Palavra / Office CAPhoto, facebook.com/CAPhotoFormacao

2- Slider de imagens (*)

Fotografias - Cristina Ferreira / Office CAPhotofacebook.com/CAPhotoFormacao
(Participante externa / Workshop)

(*) Para atualização

“Best Of” CAPhoto Formação em Vagos Metal Fest 2018

CAPhoto FORMAÇÃO, pela 1ª vez, acreditado em Vagos Metal Fest 2018. Com Câmara Municipal de Vagos
Para www.officecaphoto.pt
Fotoreportagem realizada nos dias 10, 11 e 12 AGO.2018 em Vagos, Aveiro, Portugal.

1- Slider de imagens 

Fotografias - Carlos Palavra / Office CAPhoto, facebook.com/CAPhotoFormacao

2- Slider de imagens 

Fotografias - Albino Leite / Office CAPhotofacebook.com/CAPhotoFormacao

3- Slider de imagens 

Fotografias - Ana Jesus Ribeiro / Office CAPhoto, facebook.com/CAPhotoFormacao
Apoio registo para Diário de Aveiro, DA, publicação (*) na edição 11 AGO.2018, com Centro Comunitário da Gafanha do Carmo, Centro Comunitário da Gafanha do Carmo

 

Créditos reportagem realizada de 9 a 12 AGO.2018:
Ricardo dos Santos / Fénix Webzine - Fénix Webzine

"Realizou-se entre os passados dias 9 e 12 de Agosto a 3ª edição do Vagos Metal Fest. Depois de alguns problemas em 2016 com a produção do festival, e o consequente abandono da promotora anterior, sangue novo pegou no leme e, com nova designação, reavivou a chama. Fica ainda a nota positiva para a Câmara Municipal de Vagos que teimou em não deixar o festival desaparecer e manteve o apoio à iniciativa (...)

No primeiro dia, 9, o realce é feito à actuação dos Orphaned Land. Apesar de o som não ter sido o melhor, e de alguns cortes de energia na recta final, os Israelitas não desiludem os seus fãs. Um setlist balançado e a habitual boa disposição e forte presença do vocalista ajudaram à prestação que poderia ter sido memorável, não fossem as falhas externas à banda já mencionadas.

No dia 10 pode-se realçar o regresso dos veteranos, em carreira e em passagens por Portugal, Ratos de Porão. Não direi que foi o melhor concerto que já vi da banda Brasileira, mas um concerto mediano de Ratos é sempre motivo de festa para os amantes de música extrema. Deu para o aquecimento, mas não foi memorável, de todo. Masterplan não tiveram o respeito devido, com actuação no palco secundário e som que mais parecia do local de ensaio. Uma banda com músicos veteranos da cena Hard ‘N’ Heavy merecia mais. Apesar disso parece ter agradado mais ao público do que, por exemplo, os Sonata Arctica. Moonspell era banda aguardada por muitos, por trazer a novidade “1755” na bagagem. Não falemos dos detractores de Moonspell, pois isso daria conversa alargada para a qual não temos tempo nesta reportagem. A falha de energia manchou uma actuação fantástica. Pessoalmente não gostei muito do álbum, mas ao vivo os temas parecem ganhar outra dimensão. Estava a gostar até que surgiram os problemas que aborreceram tanto membros da banda como fãs. Soube a pouco. Converge nunca foram santos de minha devoção. Nunca consegui encaixar o estilo. No entanto, enquanto comia a minha sandes de porco assado, ao longe consegui vislumbrar um concerto cheio de energia, som potente e prestação exemplar dos membros. Já gostei mais de Cradle of Filth, banda que vi pela primeira vez nos idos de 1994 no festival Ultrabrutal de Penafiel. Um par de concertos miseráveis em terras lusas, alguns álbuns medíocres, e as atitudes insuportáveis de Dani Filth que levaram a banda a perder não só músicos mas também alguns fãs, afastaram-me da banda para sempre. No entanto, devo dizer que neste momento estão fortes ao vivo e o concerto até me surpreendeu pela positiva. Continuo a não gostar pessoalmente, mas dou a mão à palmatória e volto a afirmar que ao vivo estão de boa saúde. Foi a banda que o público, na sua maioria, mais gostou. Ainda comecei a ver a actuação dos Attic, mas a voz do senhor afastou-me imediatamente. O senhor não é de todo King Diamond (hint para a organização!).

O dia 11 marcou a desilusão de alguns elementos do público devido ao cancelamento dos Franceses Dagoba. Os habituais trolls da internet foram rápidos a puxar do gatilho e rogar pragas à organização. Caros amigos, estas situações acontecem em todos os festivais. É uma situação que foge ao controle da promotora. A banda já está confirmada para 2019. Os Sonata Arctica estiveram bem, mas não encantaram. Competentes, eficazes, mas faltou um extra que elevasse a prestação a algo mais do que aquecimento para o que viria a seguir. Além de que o estilo não faz propriamente a delícia da maioria dos festivaleiros. Os Holandeses Carach Angren foram, sem dúvida, uma das surpresas do festival, com uma prestação irrepreensível musicalmente e muito teatral. Fiquei com a certeza de que saíram de Vagos com mais fãs Portugueses do que os que tinham antes. Aguarda-se o regresso a nome próprio. Kamelot é uma banda que se ama ou se odeia. A banda tem fás acérrimos em Portugal mas, no outro extremo, são alvo de brincadeiras por parte de quem os apelida de grupo de festival da Eurovisão (além de outras piadas sem gosto que me recuso a reproduzir). Depois de já terem passado por Vagos há uns anos atrás, ainda com Roy Khan como vocalista, este é o retorno com o Sueco Tommy na voz. A prestação foi irrepreensível, com todos os membros a darem o seu melhor, com um setlist balançado e, tal como Orphaned Land na primeira noite, poderia ter sido algo inesquecível, mas o som horrível frustrou essa hipótese. De qualquer modo, o som não esteve tão mal como na banda seguinte, Enslaved (...)

Infelizmente, não tive oportunidade de ver o grande Ross The Boss, mas as opiniões recolhidas foram positivas. Outro cancelamento, neste caso o dos grandes Sinister, outra banda que gostaria de ter visto. Como já referido, estas coisas acontecem e são externas à organização do festival. Integrity é uma banda que sigo há anos e estava com expectativa de ver ao vivo. Não desiludiram. Hardcore metalizado com toques de Sludge feito da maneira certa. Pelo menos é a minha opinião. Gostaria de os voltar a ver em nome próprio e em recinto fechado. Municipal Waste era uma das bandas mais solicitadas pelos festivaleiros e a organização teve olho ao trazê-los a Vagos. A banda foi uma das que mais poeira fez levantar em todo o festival. O mosh pit à frente do palco, e os seguranças, não teve descanso durante toda a actuação. Um dos pontos altos do festival, sem dúvida. Já podem voltar que serão bem-vindos. Segundo um comunicado, os Ensiferum perderam a sua bagagem, instrumentos incluídos, graças à companhia aérea em que viajavam. A banda insistiu em actuar e, depois de se arranjar uns instrumentos, fizeram um set acústico.

Poderia ter sido uma das desilusões do festival e acabou por se tornar num momento único em que se criou uma química fantástica entre banda e público. Outro dos momentos inesquecíveis deste Vagos 2018. Os veteranos Suicidal Tendencies proporcionaram outras das melhores actuações do festival. Mike Muir não parece envelhecer ou perder a genica, Dean Pleasants ainda toca tudo tal como nas versões de estúdio, e a adição de Dave Lombardo na bateria é a cereja no topo do bolo. Aliás, atrevo-me a dizer que Lombardo é mais do que isso, ajudando a banda a chegar mais alto com um som potente e certeiro. Temas de quase todos os álbuns ao longo de uma hora que terminou numa invasão de palco por parte do público. Apesar de haver ainda mais duas actuações, a noite já ia alta e o cansaço não perdoava. SxTx fechou para mim com chave de ouro o Vagos Metal Fest 2018.

Para o ano lá estaremos de novo, sempre com esperanças de melhorias a vários níveis. Aguardamos principalmente melhorias no som, sem cortes de energia, menos quantidade e mais qualidade em relação às bandas contratadas, e talvez um nome ou dois mais fortes para subir a fasquia.

Se ainda estás a ler, muito obrigado pelo teu tempo, abraços, e até para o ano!"

“Best Of” CAPhoto Formação em SX Poutena 2018

CAPhoto FORMAÇÃO, pela 7ª vez consecutiva, acreditado no SX Poutena / Campeonato Nacional de Supercross Noturno.
Com organização SX Poutena.
Para www.officecaphoto.pt
Sábado 4 AGO.2018 / 19h em Crossódromo do Areeiro Nelson Alves, Poutena, Anadia, Aveiro, Portugal.

Slider de imagens (7)

Fotografias - Albino Leite / Office CAPhoto – Estagiário Oficial CAPhoto Formação 2017/2018, facebook.com/CAPhotoFormacao

 

(Edição: Ana Jesus Ribeiro)